Página do iFood, empresa de pedido e entrega de comida pela internet líder na América Latina. (Foto: Reprodução)

A empresa brasileira de tecnologia Movile, proprietária de serviços via aplicativos como iFood, anunciou nesta sexta-feira (8) que recebeu um aporte de US$ 82 milhões de dois dos seus investidores, o grupo global de internet e entretenimento Naspers e o fundo de investimentos Innova Capital, de Jorge Paulo Lemann – o homem mais rico do Brasil –

Em comunicado, a Movile informou que “grande parte do aporte será utilizada para aumentar a participação da Movile no iFood”, empresa de pedido e entrega de comida pela internet líder na América Latina.

Em junho, os dois investidores já tinham feito um aporte de US$ 53 milhões na dona do iFood.

“Continuaremos investindo na empresa para escalar a plataforma de tecnologia e acelerar o desenvolvimento dos seus produtos para que eles possam atender mais pedidos”, afirma Fabricio Bloisi, CEO da Movile.

Questionada pelo G1, a Movile não informou qual passa a ser a participação acionária desses investidores na empresa.

“Acreditamos que a Movile tem muitas oportunidades de crescimento exponencial, inclusive em serviços logísticos e financeiros, entre outros”, comentou no comunicado Verônica Allende Serra, sócia fundadora da Innova Capital Fund.

A Movile, que atua no Brasil, EUA, França, México, Colômbia, Peru e Argentina, diz reunir 100 milhões de usuários ativos mensais em todos os seus negócios que incluem além de aplicativos de entregas de comida, o serviço de venda de ingressos e gestão de eventos Sympla.

A empresa informa já ter captado mais de US$ 250 milhões desde a sua criação entre investidores para ampliar os negócios próprios da companhia e “para concluir mais de 20 fusões, aquisições e investimentos em startups como PlayKids, Sympla, iFood, Rapiddo, MapLink, Apontador, SuperPlayer”.

Já os investimentos da Innova no setor de tecnologia incluem, além da Movile, a Clearsale (plataforma de combate à fraude para transações on-line), a Accera-Tradeforce, a Sigga (líder em software de gerenciamento de ativos corporativos), e a Snap (uma das principais redes de mensagens sociais).

Categorias: Tecnologia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *